2023CursosEADExtensãoOportunidadeUSP
News

USP promove 9 cursos com Temáticas Indígenas totalmente ON-LINE

Abril FFLCH 2023: São oferecidas 630 vagas para Cursos de temáticas indígenas; + de 600 vagas

A Universidade de São Paulo – USP por meio da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas – FFLCH anunciou a abertura de inscrições para cursos de extensão universitária com temáticas indígenas, oferecidos no Abril FFLCH 2023, gratuitamente para a comunidade interna e externa.

USP abre 9 Cursos com temáticas indígenas 100% EAD:

Cursos temáticas indígenas USP
USP abre inscrições para Cursos com Temáticas Indígenas; São 630 vagas gratuitas.
Continua após a publicidade..

A iniciativa tem como proposta oferecer 9 cursos de extensão ministrados a partir de 17 de abril que totalizam 630 vagas. Esses cursos oferecem oportunidades de formação, divulgação de pesquisa e ampliam o debate acerca de temáticas indígenas. Nesse sentido, os cursos abordarão temáticas como antropologia, audiovisual, direitos humanos, história e linguística.

Confira detalhes dos cursos com temáticas indígenas da USP:

Serão discutidos aspectos como a colonização da América até assuntos atuais como a crise yanomami.

1. A construção da categoria de selvagem: entre Portugal e o Brasil

O curso leva os alunos a refletirem a construção da ideia dos povos indígenas como selvagens. Conta com três aulas que somam 6 horas:

São oferecidas 90 vagas gratuitas.

Publicidade

2. A judicialização da demarcação de terras indígenas no Brasil

Com duração de 8 horas, o curso discute a judicialização de processos demarcatórios de terras indígenas no Brasil pós-redemocratização. Nesse sentido, os alunos terão contato com conteúdos atualizados que discutirão os aspectos da judicialização e das demarcações de terras indígenas.

São quatro aulas com as seguintes temáticas:

    1. Direito e política indigenista: fundamentos legais da demarcação territorial no Brasil
    2. A judicialização da demarcação de terras indígenas como judicialização da política
    3. Experiências de judicialização da América Latina
    4. O caso brasileiro: Da CF/88 ao julgamento do Marco Temporal

São oferecidas 80 vagas para esse curso.


3. Formação em antropologia e atuação profissional: alternativas em torno de temáticas indígenas

Com oferta de 60 vagas, o curso apresenta alternativas para atuação de profissionais da antropologia em temáticas ligadas aos povos indígenas. Tem duração de nove horas onde serão discutidas importantes obras da área.


4. Intérpretes indígenas na história do Brasil

O curso discute e aborda a presença de intérpretes indígenas na história e historiografia da tradução e da interpretação no Brasil. Portando, o curso estuda a produção historiográfica oficial, analisando os apagamentos produzidos desses sujeitos e as lacunas que são preenchidas por pesquisas atuais. São 60 vagas para este curso que tem 8 horas.


5. O céu desabando: a destruição do mundo yanomami

O curso propicia novos espaços de informação e discussão acerca dos yanomami e a recente crise humanitária que os vitima.

São oferecidas 80 vagas. A duração total é de 6 horas divididas em duas temáticas:

  • Breve história das relações entre os Yanomami e os napë (brancos)
  • Modos de vida e modos com a morte

Detalhes adicionais:


6. Por uma linguística descolonial: fundamentos e estudos de caso

O curso traz à luz considerações importantes acerca do movimento atual que tem sido feito na área de estudos de línguas minoritárias no sentido de questionar os conhecimentos tradicionais das línguas. São duas aulas que somam 4 horas:

  • Aula 1: Linguística descolonial e novos caminhos para a análise de línguas minoritárias
  • Aula 2: A ecologia linguística do Alto Rio Negro: Descolonialidade em prática

Para esse curso, são oferecidas 60 vagas.


7. Povos indígenas no currículo da cidade de São Paulo

Destinados a comunidade, o curso discute o ensino da temática indígena na sala de aula, dialogando os estereótipos e perspectivas de ensino antirracista. São oferecidas 60 vagas.

São duas aulas:

  • A Temática Indígena na sala de aula: estereótipos e perspectivas de ensino antirracista
  • Povos Indígenas no currículo da cidade de São Paulo

Informações e inscrições nos links a seguir:


8. Presença indígena no Brasil: uma introdução

O curso promove informações e conhecimentos básicos a respeito dos povos indígenas em território brasileiro. São oferecidas 80 vagas gratuitas. Abordam os seguintes temas:

  • Diversidade sociocultural e linguística
  • Desafios contemporâneos: luta pela terra, defesa de direitos, educação diferenciada, combate à violência
  • Presença indígena nas cidades

A carga horária total é de 6 horas.


9. Tekocâmera: cosmologias e territórios nos cinemas indígenas

O curso compartilha com a comunidade que busca informações e caminhos para o conhecimento e a relação com as culturas ameríndias.

A duração deste é de sete horas divididas em três aulas:

    • Aula I: cinema, corpo (perspectivismo), território.
    • Aula II: do registro etnográfico aos cinemas indígenas.
    • Aula III: artefatos (flecha), aparelhos (câmera) e um cinema cosmopolítico.
  • Informações do curso
  • Inscrições

Prazos de inscrição e seleção para Cursos de Temáticas Indígenas da USP:

As inscrições ocorrem na plataforma APOLO, gratuitamente, entre 6 e 12 de abril,de 2023.

Os candidatos inscritos serão selecionados por meio de sorteio eletrônico, a ser realizado conforme calendário da instituição.

Os sorteados e aprovados receberão contato por e-mail da instituição com as informações relevantes dos cursos. Os alunos que obtiverem 75% de frequência e aproveitamento suficiente receberão certificado a ser emitido pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da USP.

ANUNCIOS

Redação

A Redação do Site PEBSP.com é uma equipe multidisciplinar composta por profissionais que amam escrever sobre cursos, concursos e oportunidades na Educação!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo